09 novembro, 2007

A Década de 80

De todas as décadas, a de 80 será certamente uma das mais difíceis de caracterizar e/ou catalogar. Foi uma década de incertezas e mudanças, um tempo em que se vivia num mundo dividido por um muro e com medo de que alguém, do lado de cá ou do lado de lá, apertasse o botão e nos mandasse a todos pelo ar. No entanto, os anos 80 foram muito mais que isso, foram uma maneira de se comportar, de se vestir, de encarar e interpretar a vida. Quem não se recorda dos penteados, das músicas, das roupas, daquela maneira estranha de dançar, deste ou daquele filme, da série que para sempre ficou na memória e que reunia toda a família à volta da televisão (só havia uma lol).

Quando falo dos anos 80, a primeira palavra que me vem à cabeça é saudade. Saudade, não por ter vivido intensamente essa década, pois não passava de uma criança, mas por ter deixado em mim uma vontade de voltar atrás no tempo que, por exemplo, a década de 90 não conseguiu deixar, talvez por ser uma década mais imutável e, no fundo, sem tanto interesse (do meu ponto de vista, como é óbvio).
Com este blogue, a única coisa que pretendo, é partilhar convosco as boas memórias inerentes a estes fabulosos e incomparáveis anos das nossas vidas.


3 comentários:

PensarCusta disse...

toma lá zé
dee lite - Groove is in the House

luna disse...

é tudo verdade.. é pena o zé nao ter (mais) tempo para encher mais ainda este blog de coisas dos anos 80.. k são aos montes!! os anos 90 ja nao conseguiram equiparar-se, nem de perto nem de longe... =)

Poesia, Prosa e Política disse...

Poxa!!! Falar dos anos 80's é antes de tudo um prazer intenso. E lembrar do punk, pós-punk e new wave, do clima que tinha a juventude e sua prespectiva de fazer algo realmente diferente e buscar as mudanças tão sonhadas, existia um gosto estranho de liberdade...